Carcassonne Star Wars, uma versão combativa do clássico tabuleiro


O clássico jogo de tabuleiro Carcassonne possui inúmeras versões e expansões, quase todas com a conhecida temática medieval. Então por que fazer uma versão baseada na franquia Star Wars? Como dizia Yoda: responder essa pergunta, padawan, esse review servirá.

Ficha do Jogo
Número de jogadores: 2 a 5
Idade recomendada: 7+
Duração da partida: 35 minutos
Fabricante/Editora: Hans im Glück/Devir Brasil

As Regras
Carcassonne: Star Wars combina as aventuras emocionantes do universo de Star Wars com a jogabilidade de Carcassonne, mas introduz novas regras. Agora é possível conquistar planetas de outros jogadores, em um confronto de meeples (e dados).

A versão variante permite a quatro jogadores jogar em duas equipes: Darth Vader e os soldados imperiais contra Yoda e Luke Skywalker. No jogo normal, além dessas facções, é possível controlar os meeples laranja de Boba Fett.

A Jogatina

Não tem jeito, fãs de Star Wars vão se sentir em casa com esse jogo. A arte com o fundo escuro do espaço ressalta os locais onde os meeples podem ficar. Para quem conhece o jogo original, não há mais a figura do fazendeiro (aquele bonequinho que você deixava deitado no campo até o fim do jogo).

Isso aumenta as ações dentro do tabuleiro e diminui a possibilidade de um jogador ficar sem meeple para agir. Outra dinâmica inserida é a dominação de planetas. Eles funcionam como o mosteiro, no jogo original. Cerque a peça de todos os lados e faça 9 pontos (mais os bônus de facção do planeta).

Se um adversário colocar um meeple/exército ao lado do planeta e resolver invadir, uma disputa simples de dados (o maior número vence) resolverá o domínio daquela área. Planetas da mesma facção do jogador concedem um dado a mais. Dos seis meeples disponíveis para cada jogador, um é maior. Ele vale dois dados na disputa.

A mesma dinâmica de conflito serve para o campo de asteroides e as rotas comerciais. Se essas áreas se unirem com uma semelhante onde há outros jogadores, uma batalha acontecerá. Apesar do fator sorte estar presente, a mecânica cria mais interações entre os jogadores e justifica o nome Guerra nas Estrelas no jogo.

Para quem já conhece ou quer se aventurar em Carcassonne, a versão trazida pela Devir vale a pena. O único porém é a falta de expansões. Existe apenas uma, baseada em O Despertar da Força, e nunca foi lançada no Brasil.

+ Pontos positivos

  • Novo tema casa com o jogo clássico
  • Adição de batalhas por planetas aumenta a interação
  • Fãs de Star Wars irão adorar

- Pontos negativos

  • Merecia ter mais expansões
  • Fator sorte aumenta com as disputas de territórios

Veredito: 8,4/10
Arte: 8
Componentes: 8
Tema: 9
Mecânica: 8
Rejogabilidade: 9

1 Curtida