King of Tokyo: Dark Edition, uma disputa entre kaijus com estilo

O divertido King of Tokyo ganhou uma versão linda com componentes novos e regras revisadas. A Dark Edition traz mais cartas de energia, arte reformulada e uma trilha de evolução dos poderes. Mas será que essa reimplementação substitui o divertido tabuleiro original?

Ficha do Jogo

Número de jogadores: 2 a 6
Idade recomendada: 8+
Duração da partida: 30 minutos
Fabricante/Editora: Iello/Buró Editora

As Regras

Em King of Tokyo, você joga com monstros mutantes, robôs gigantes e outras criaturas. No início de cada turno, você rola seis dados. Os dados possuem seis símbolos: 1, 2 ou 3 pontos de vitória, energia, cura e ataque (patada).

Ao rolar os dados você pode escolher se quer manter ou rerrolar um ou mais dados até duas vezes, a fim de ganhar pontos de vitória, acumular energia, restaurar a saúde ou bater nos outros jogadores para que todos entendam que Tóquio é seu território.

Cartas especiais podem ser compradas com energia para gerar efeitos permanentes ou temporários. A versão Dark possui uma trilha de evolução no tabuleiro, que em certos pontos desbloqueia novas habilidades para os monstros gigantes. Para ganhar o jogo é preciso acumular 20 pontos de vitória ou ser o único monstro sobrevivente.

A Jogatina

A edição Dark é um deleite. A começar pela capa, quase um poster de filme de Godzilla. O insert (o “berço” interno, onde são colocados os componentes) foi todo planejado e valoriza ainda mais a nova estética. Apesar de parecer mais radical e adulta, o jogo continua colorido, com as belas cores imitando neon.

Os dados translúcidos, as fichas de energia em formato de raio e os símbolos de efeitos completam as mudanças visuais. Mas é em uma regra específica que a jogabilidade evolui. Antes, tirar 2 2 2 ou 1 1 1 nos dados não era tão vantajoso e normalmente esses resultados eram rerrolados.

Agora, eles permitem andar em uma trilha de vilania, onde poderes especiais podem ser obtidos em três níveis. Mesmo com a adição, a jogabilidade continua acessível para toda a família e permite bastante variedade nas cartas de efeitos a serem compradas. King of Tokyo: Dark Edition é a versão definitiva desse clássico tabuleiro.

+ Pontos positivos

  • Arte e componentes sensacionais
  • Trilha de evolução valoriza resultados menores do dado
  • Cartas oferecem variedade e poderes inusitados

- Pontos negativos

  • Expansão Power-Up perde um pouco a função

Veredito: 9/10

Arte: 9
Componentes: 10
Tema: 10
Mecânica: 8
Rejogabilidade: 8


O Compilado é uma publicação semanal construída com histórias e curiosidades selecionadas em mais de 500 sites, newsletters e perfis de notícias e de entretenimento. Assine a newsletter, confira nosso arquivo e os posts no Update or Die, apoie o conteúdo e mande sua sugestão!

3 Curtidas