Survive, um jogo para escapar da Atlântida

Após pegar os tesouros de Atlântida, a ilha onde está a cidade perdida começa a afundar. Resgate seus aventureiros e atrapalhe a vida dos seus adversários no tretoso Survive: Fuga de Atlântida.

Ficha do Jogo
Número de jogadores: 2 a 4
Idade recomendada: 8+
Duração da partida: 60 minutos
Fabricante/Editora: Asmodee/Conclave Editora

As Regras
Uma ilha composta por 40 placas hexagonais está lentamente afundando no mar. Cada jogador controla dez pessoas (no valor de 1 a 6) que tentam avançar para a segurança das ilhas vizinhas antes da principal ilha finalmente afundar.

Os jogadores podem nadar ou usar barcos para viajar, mas deve evitar serpentes marinhas, baleias e tubarões em seu caminho para a segurança. Tudo isso sem poder checar o quanto de tesouro cada aventureiro leva consigo.

A Jogatina
Um jogo com mais de 30 anos de existência ainda consegue suportar a avalanche de novos lançamentos? Survive: Fuga de Atlântida segura bem a onda (sem trocadilho) e cria uma ótima jogatina recheada com tretas. Você, quase sempre, vai precisar tomar uma decisão que prejudica outro jogador.

Se sua mesa conseguir lidar (e rir) com isso, Survive brilha. Fica divertido prejudicar o colega em uma jogada, para logo na próxima ele fazer o mesmo com um aventureiro seu. A movimentação dos monstros também exige certa tática e a movimentação deles cria uma boa variedade de opções.

Cada monstro tem um “poder”, seja devorar aventureiros, destruir barcos ou os dois. Mas é a dinâmica de “afundamento” da ilha que dita o ritmo e a urgência do jogo. Ver os pedaços da ilha indo embora e gerando novos efeitos (que estão na parte debaixo de cada peça) pode criar oportunidades ou problemas para os jogadores.

Survive: Fuga de Atlântida tem lugar certo na coleção de quem gosta de board games disputados entre os jogadores. Visualmente, ele não é tão atrativo e o fator sorte pesa na pontuação, mas a obra compensa com uma ótima mecânica, tema bem colado e alta rejogabilidade.

3 Curtidas